HC SE EXPÕE, COMO NUNCA



O Jornal Nacional encerrou ontem (11/05/2020) com o desabafo de um residente queixando-se da falta de reconhecimento de seu trabalho para salvar pessoas desconhecidas e na maioria pobres que recorrem ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
De fato, como ocorre em outras faculdades e nas Santas Casas, os médicos recém-formados tocam o atendimento mediante remuneração modesta, no afã de aperfeiçoar-se em suas respectivas especialidades, sem o merecido reconhecimento pelos serviços prestados. Nos hospitais universitários, como se sabe, o trabalho pesado, como o atendimento de acidentados e dos pacientes em risco de morte, inicia-se com os estudantes e médicos recém-formados, sob a supervisão dos médicos já calejados.
Em Brasília, residentes fizeram manifestação reclamando que não recebem há três meses.
Ao dar voz ao médico-residente, o jornal homenageia os profissionais de saúde que tratam as vítimas do Covid 19, que ora mata no mundo inteiro, e encerra o noticiário num tom destoante das tragédias até então apresentadas, como se dissesse: nem tudo está perdido. Prestem atenção nessa maravilha de atitude. São profissionais que sacrificam a própria vida em favor do próximo.
Pouco antes, o jornal mostrou a generosidade dos empresários num quadro denominado Solidariedade S. A., em que grandes indústrias doam milhões para projetos sociais. Nada mais justo que agradecer a benemerentes.
Inaugurado em 1943, o HCFMUSP é pioneiro em muitas atividades e a grande maioria dos modernos hospitais privados de São Paulo, como o Sírio Libanês, o Albert Einstein e a Beneficência Portuguesa, entre outros, tem diretores e especialistas oriundos do HC. Até o comando das ações de combate ao Covid 19 são coordenadas por profissionais do hospital-escola criado por Ademar de Barros.
Foi-se o tempo em que o hospital servia para projetar a imagem de professores-doutores, como durante a internação de Tancredo Neves e demais políticos, com a subserviência da imprensa e mea-culpa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ETERNO CANDIDATO

SINAL DOS TEMPOS

MINHAS CENAS INESQUECÍVEIS