RESQUÍCIOS DE PRECONCEITO


Anita “estoura” com o funk carioca no Rock in Lisboa, aplaudidíssima por milhares de pessoas. Márcia Tiburi faz apologia do assalto e do ânus e é lançada candidata pelo PT do Rio. Datena deixa a Band para candidatar-se a senador em nome da moralidade e contra os políticos corruptos. Programa Roda Viva tenta massacrar Manuela D’Ávila, que não recua e demonstra inteligência aguda. Até quem não é petista, como eu, percebe a má vontade dos inquisidores. Neymar chora.
Resta-nos reeditar ou reviver Jô Soares com aquele personagem que morava em Paris e lamentava o que andava acontecendo no Brasil na época da ditadura: vocês não querem que eu volte...
O pior de tudo é que qualquer coisa, até beijinho na face, é passível de comoção mundial, graças à transparência proporcionada pela copa do mundo de futebol. Daí não concluam, apressadamente, que sou a favor do assédio. Sou, sim, mas como exaltação da beleza da mulher.
É verdade que na juventude olhava pelo buraco das fechaduras e subia nos ônibus lotados quando acabava a aula dos colégios para admirar as belas colegiais! Carregava no ombro, provavelmente, o machismo explícito ou enrustido do agreste pernambucano, revivido agora na biografia do prefeito Anastácio Rodrigues, chamado pelo escritor Ferdinando Neto de “eterno prefeito”.
O livro registra uma das histórias mais horrendas de Caruaru. Conta em várias páginas, fugindo do objetivo do compêndio, as torturas que o ex-prefeito Drayton Nejaim aplicou em sua mulher durante vários dias só porque ela o traiu várias vezes, segundo os relatos de conhecimento público. Só os porões da ditadura produziram tamanhos horrores.
A mulher virou deputada estadual. Os fatos são públicos, estão num livro da editora oficial de Pernambuco (CEPE) e foram publicados em jornais e revistas nacionais da época. Isso lembra o contexto em que fui criado. Ele a forçou a assinar uma declaração com o nome de todos os amantes e a renunciar ao mandato de deputada.
Tá no livro, não me comprometam. Afinal, continuo fã da linda apresentadora de esportes da Globo que revelou sua condição sexual. Como diz Ricardo Kotscho, vida que segue. Não carrego mais nenhum preconceito, só resquícios.

26/06/2018

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ETERNO CANDIDATO

SINAL DOS TEMPOS

MINHAS CENAS INESQUECÍVEIS