CHEGA DE PIADAS




Se o STF decidir soltar Lula, beneficiando também outros prisioneiros cuja condenação não transitou em julgado, sigo a tendência em voga na classe média indignada: vou pra Portugal. Quero ser vizinho de Luana Piovani e comprar um binóculo que alcance sua piscina, sem ouvir seus palavrões.
Se alguém do Governo abrir a boca pra atribuir a invasão das praias brasileiras à Venezuela vou ressuscitar Wilson Simonal pra contar direitinho se ele dedou algum artista quando os investigadores passeavam com ele no Largo do Arouche,  dentro de uma viatura da Polícia.
Nem era preciso. Todo mundo sabia quem era quem.
Se Lula disser mais uma vez que é preso político, se Datena for candidato a prefeito de São Paulo, se João Dória privatizar o Ibirapuera e o Pacaembu e a Casa do Porco for reeleita melhor restaurante do Brasil, quem sabe eu resolva morar em Portugal.
Antes disso gostaria de ir ao Roda Viva para salvar sua tradição de veículo de revelações inusitadas. Há pouco, Gilmar Mendes reafirmou que soltará todos os presos condenados em segunda instância e Tábata Amaral tagarelou lindamente. Nem precisava falar. Tirei o som da TV só pra te ver. Ultimamente, o programa convida até chefe de cozinha pra dissertar sobre delícias da culinária. Nem a boa qualidade dos questionamentos, feitos com graça e beleza pela apresentadora, salva a relevância do horário, outrora prestigiado pelos telespectadores.
Quando aparece na telinha aquele porta-voz, tenho saudades dos alto-falantes do Interior, que tocavam "Jamais te esquecerei", Antonio Rago ao violão elétrico. Era menino, mas ainda lembro, o que prova que o tal serviço era mais eficiente.
Tenho medo de ir à Avenida Paulista aos domingos porque nunca se sabe de que lado caminhar. Grupos se digladiam microfone à mão ou cartazes no peito, cada um com sua cruz.
Mesmo assim, parentes, amigos, inimigos e credores fiquem tranquilos, pois não irei para Portugal. Chega de piadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ETERNO CANDIDATO

SINAL DOS TEMPOS

MINHAS CENAS INESQUECÍVEIS